Warm Up #160 - Rumo à aposentadoria

José Castro Publicado em 15/03/2019
3 min
Já fez as contas para avaliar se vale a pena pagar o INSS? O José Castro fez e mostra nesta newsletter

Nota do editor: A Warm Up de hoje traz novamente o tema Previdência à tona. Na parte PRO, o José Castro diz se compensa ou não aderir ao INSS diante de outras possibilidades de investimento. Ele apresenta alguns cálculos para fundamentar sua opinião e te ajudar a tomar a melhor decisão. Clique aqui para liberar o acesso exclusivo a assinantes.

Caro leitor,

Você já deve ter percebido que venho comentando desde o mês passado, de forma insistente, sobre o tema Previdência.

E não é por acaso, já que este é um assunto muito importante para a sua vida financeira e que te garantirá uma aposentadoria tranquila. Além disso, decidirá o rumo do nosso país através da reforma da Previdência social que já está na CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania), primeira etapa do processo de aprovação ou não na Câmara dos Deputados.   

O deputado Felipe Francischini (PSL) foi eleito presidente da CCJ com um placar folgado. A vice, Bia Kicis, também do PSL, reforça a liderança do governo nesta primeira etapa, que já é dada por alguns como vencida.

Os dois são novatos e estão justamente na comissão mais importante. Porém isso não está sendo visto como problema, por enquanto, e os votos folgados recebidos na instalação da Comissão refletem isso.

O jovem Francischini, com apenas 27 anos, tem mostrado maturidade e muita segurança para dialogar com todos integrantes da CCJ até o dia 20. Nesta mesma data será escolhido o relator e também será enviada a proposta dos militares, condição imposta pelos deputados para dar continuidade à tramitação.   

A admissibilidade da reforma deve ser votada até o final de março pela CCJ, em seguida vai para a segunda e mais acalorada etapa na Comissão Especial. Essa será mais dura.

Ok, legal saber o andamento da PEC, mas e o mercado com isso?

A Bolsa brasileira tem reagido de forma racional.

Na espera por fatos concretos relacionados ao cenário político e econômico, o Ibovespa oscilou em um movimento lateral, entre 93.000 e 98.500 pontos, desde 5 de fevereiro. Porém, na última quarta-feira (13), impulsionado pela CCJ, o índice Bovespa fez mais um topo histórico ao atingir o nível de 99.267 pontos, ficando a menos de 1% dos 100 mil pontos.

Já comentei aqui na Warm Up diversos aspectos relacionados à Previdência Social – o que é, como funciona, para quem se destina, tipos de regimes, a origem e os problemas atuais, além das mudanças sugeridas através da nova proposta enviada ao Congresso.

Mas vamos pensar pelo nosso lado de investidor:

Financeiramente, será que vale a pena pagar o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) para receber o benefício na aposentadoria?

Ou seria melhor investir esse dinheiro no tesouro direto, por exemplo? Veja abaixo meus comentários sobre o assunto. 

Gostou dessa newsletter? Então me escreva contando a sua opinião no warmup@inversapub.com.

Um abraço,

José Castro

A Inversa é uma Casa de Análise regulada pela CVM e credenciada pela APIMEC. Produzimos e publicamos conteúdo direcionado à análise de valores mobiliários, finanças e economia.
 
Adotamos regras, diretrizes e procedimentos estabelecidos pela Comissão de Valores Mobiliários em sua Resolução nº 20/2021 e Políticas Internas implantadas para assegurar a qualidade do que entregamos.
 
Nossos analistas realizam suas atividades com independência, comprometidos com a busca por informações idôneas e fidedignas, e cada relatório reflete exclusivamente a opinião pessoal do signatário.
 
O conteúdo produzido pela Inversa não oferece garantia de resultado futuro ou isenção de risco.
 
O material que produzimos é protegido pela Lei de Direitos Autorais para uso exclusivo de seu destinatário. Vedada sua reprodução ou distribuição, no todo ou em parte, sem prévia e expressa autorização da Inversa.
 
Analista de Valores Mobiliários responsável (Resolução CVM n.º 20/2021): Antonyo Giannini, CNPI EM-2476

Conteúdo protegido contra cópia