Warm Up #131 - Acompanhamento em tempo real

Ivan Sant'Anna Publicado em 23/01/2019
4 min
Carga Pesada explica a Bolsa

 

Nota do editor: Na edição de hoje, o Ivan usa a sua experiência como roteirista de TV para desvendar os últimos movimentos da Bolsa. Aproveito para convidar você a acompanhar a nova série da Inversa, O Acelerador de Ganhos. George Chen vai mostrar como você pode aproveitar ao máximo o mercado em 2019 e alcançar 300% de retorno em 12 meses. Cadastre-se gratuitamente aqui.

 

Caro leitor,

Quando eu trabalhava na TV Globo, como roteirista das séries Carga Pesada e Linha Direta, havia um dispositivo que me permitia acompanhar, no dia da exibição do programa, os níveis de audiência em tempo real.

Para os autores de novelas, nem se fala. Esse aparelhinho é vital para que eles saibam quais são os personagens que estão agradando e aqueles que o público rejeita.

Após receber um tapa no rosto, desferido por Camila, Eduarda, a Duda, sai de cena. Logo depois de atingir o pico, quando se iniciou o bate-boca entre as duas protagonistas, bate-boca esse que culminou com a bofetada, o Ibope diminui com a saída de Eduarda da telinha.

“Preciso dar mais espaço na trama pra Duda”, deduz o roteirista. O pessoal gosta dela.

Na série Carga Pesada, assim como na Linha Direta, minha maior preocupação eram os intervalos comerciais. Nessas horas, a audiência sempre cai. Acontece que, se o gancho é bem construído, cai menos.

Vejam esse exemplo, tirado do episódio Filhos da Estrada, do Carga:

CENA 11.SALA DE ESTAR DA CASA.INTERIOR.NOITE

CLOSE NA GARRAFA DE SCOTCH MOSTRA QUE METADE JÁ FOI CONSUMIDA.

SOM DE MÚSICA DANÇANTE PERMANECE.

Pedro, copo de uísque na mão, dança, de rosto colado, com Vilma, num tablado próximo à porta que dá para a piscina. O copo está por trás das costas dela. Próximo ao casal, há uma mesinha, sobre a qual há uma tábua com pedaços de Roquefort. Dá pra se ver que Pedro está ligeiramente bêbado. Ele esbarra num vaso de porcelana, sobre um pedestal. Precisa segurar o vaso, para este não cair.

VILMA -  Cuidado, Pedro. Eu paguei uma fortuna por esse vaso, num leilão.

Vilma se abaixa, captura, com um palito, um pedacinho de Roquefort. Tenta pô-lo na boca de Pedro.

PEDRO (sentindo o cheiro forte do Roquefort) – Xiii, Vilma, acho que esse queijo tá podre.

VILMA - Não tá não, bobinho, isso é Roquefort, queijo francês, feito de leite de ovelha. O cheiro é assim mesmo.

PEDRO - Pois eu gosto mesmo é de um queijinho de Minas, de leite de vaca. Com uma linguicinha, então, nem se fala. Daqui, ó (estala a língua).

Pedro se aconchega a Vilma. Ela se afasta um pouquinho e começa a desabotoar a camisa dele.

INTERVALO COMERCIAL

Não querendo perder um segundo da provável transa entre Vilma (Susana Vieira) e Pedro (Antonio Fagundes), os telespectadores fizeram com que a queda do Ibope fosse mínima durante os anúncios. Ou seja, acertei na mosca a escolha do gancho.

É de modo semelhante que traders profissionais de todo o mundo acompanham os pronunciamentos de Jerome Powell, chairman do FED. Casando cada palavra com os movimentos do S&P500, dos Treasuries e das moedas.

Foi também dessa maneira que monitorei ontem a fala de Jair Bolsonaro na sessão de abertura do Fórum Econômico Mundial, em Davos, sincronizando-a com o sobe e desce do Ibovespa.

O presidente falou de reformas, de diminuição da carga tributária, de equilíbrio das contas públicas, do respeito à propriedade privada. Enfim, daquilo que se esperava que ele falasse.

Gostou dessa newsletter? Então me escreva contando a sua opinião no warmup@inversapub.com.

Um abraço,

Ivan Sant'Anna.

A Inversa é uma Casa de Análise regularmente constituída e credenciada perante CVM e APIMEC.

Todos os nossos profissionais cumprem as regras, diretrizes e procedimentos internos estabelecidos pela Comissão de Valores Mobiliários em sua Instrução 598, e pelas Políticas Internas estabelecidas pelos Departamentos Jurídico e de Compliance da Inversa.

A responsabilidade pelas publicações que contenham análises de valores mobiliários é atribuída a Felipe Paletta, profissional certificado e credenciado perante a APIMEC.

Nossas funções são desempenhadas com absoluta independência, não sendo dotadas de quaisquer conflitos de interesse, e sempre comprometidas na busca por informações idôneas e fidedignas visando fomentar o debate e a educação financeira de nossos destinatários.

O conteúdo da Inversa não representa quaisquer ofertas de negociação de valores mobiliários e/ou outros instrumentos financeiros. Os destinatários devem, portanto, desenvolver as suas próprias avaliações.

Todo o material está protegido pela Lei de Direitos Autorais e é de uso exclusivo de seu destinatário, sendo vedada a sua reprodução ou distribuição, seja no todo ou em parte, sem prévia e expressa autorização da Inversa, sob pena de sanções nas esferas cível e criminal.  

Conteúdo protegido contra cópia