Sunday Notes #115 - Trabalhar de casa… Investir fora de casa...

Olivia Alonso Publicado em 22/03/2020
1 min
O que o COVID-19 trouxe para o trabalhador e investidor brasileiro

Sunday Notes

Olá, leitor e leitora…

Eu nunca fiz isso antes...

Eu também nunca fiquei presa em casa por várias semanas como parece que vamos ficar...

Suspeito que muitos de vocês sentem minha dor.

É por isso que no assunto #1 da Sunday Notes de hoje libero um conteúdo espetacular da Inversa completamente sem custo.

Normalmente, uma assinatura de um ano de algo desse tipo - com edições diárias - é vendida por pelo menos R$ 3.500 já com promoções.

Hoje, em solidariedade de quarentena, considerando a gravidade da situação, gostaria que você tivesse nossa nova série de cobertura do Coronavírus de graça.

Minha esperança é que o material em áudio - e a novas recomendações - ajudem a passar o tempo e inspirem você a começar a investir em crashes como os que estamos vendo recentemente.

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR NOSSA SÉRIE ESPECIAL DE PODCASTS SOBRE O CORONAVÍRUS E O MOMENTO DOS MERCADOS.

Assunto #2: Trabalhando de casa… 13 dicas.

Tempos interessantes, para dizer o mínimo…

Pessoalmente, nunca gostei de trabalhar em casa... eu gosto do barulho e da camaradagem que o ambiente do escritório proporciona.

Tenho aprendido nos últimos dias que o segredo do sucesso vem principalmente de seguir uma rotina e criar limites.

Recebi recentemente um artigo dando dicas sobre o regime de home office.

E, embora meu trabalho aqui seja falar sobre investimentos, listei alguns pontos chave que podem ajudar você, caso esteja trabalhando de casa como eu.

Aqui vão as principais dicas:

1. Identifique o que precisa ser feito todos os dias e assegure-se de que você irá fazer.

Esteja em contato diariamente com o seu time. Também faça contato com cada departamento individualmente. 

2. Use a nuvem.

Por essa via, muito trabalho remoto pode ser realizado em colaboração. Ou, no mínimo, ser compartilhado e armazenado.

3. Vista-se para trabalhar.

Aqueles que conheço que são muito bons trabalhando em casa fazem isso. Acordam sempre no mesmo horário, tomam banho e se vestem para o trabalho.

4. Evite receber visitas em casa.   

Dana Marlowe, principal sócia da empresa Silver Spring, usa o seu almoço para encontrar os amigos. Se eles aparecem em sua casa, ela educadamente diz para eles que está trabalhando. 

Neste momento, mais do que nunca, isso deve ser levado a sério. Receber visitas acaba com a proposta de qualquer isolamento.

5. Faça um aviso para os membros de sua família.

Aqui vai uma ideia de John Meyer, CEO do Miramar: grude papéis coloridos na porta do seu escritório provisório. “Cole um papel vermelho para quando você não pode ser interrompido e um verde para quando a pessoa puder entrar. Amarelo significa que a pessoa deve checar antes de entrar”, ele diz. “Crianças, independentemente da idade, entendem a mensagem.”

6. Comunique o seu horário de trabalho.

Coloque o horário do seu expediente na sua porta e seja comprometido com ele.

Indique o horário de seu expediente para os clientes e diga que seu telefone residencial é pessoal fora desse horário.

7. Finja que você não está em casa.

Não atenda a campainha ou o telefone residencial durante seu expediente.

8. Não vá a compromissos que não fazem parte do seu trabalho no meio da tarde.

Vá ao médico ou ao dentista nos horários em que você iria se estivesse trabalhando no escritório. Assim, você evita interrupções no trabalho.

9. Use o Hangouts e/ou Skype.

Encoraje os times que sentam juntos no escritório e que trabalham constantemente juntos a se comunicarem sempre pelo Skype. Isso promove um ambiente de colaboração e mantém as pessoas em suas mesas de trabalho.

10. Fique fora da cozinha.

Cuidado para não ficar constantemente comendo. Você precisa de disciplina: tenha a disciplina para fazer o que precisa ser feito; a disciplina para evitar a cozinha, a disciplina para mandar seus amigos embora.

11. Encontre um ambiente quieto em casa para trabalhar.

Use fones de ouvido se possível. Isso irá bloquear os sons externos que podem te distrair.  

12. Fale com o seu time e seu chefe várias vezes durante o dia.

Mande e-mails e ligue para colegas de trabalho e seu chefe, se precisar. Converse com todos várias vezes ao dia.

13. Utilize tecnologias baratas ou sem custo para se comunicar.

Há muitas delas: Skype, Slack, WhatsApp, Zoom, Discord, Hangouts...

Assunto #3: O Grande Acerto de Contas...

Ainda falando do impacto do Coronavírus em nossas vidas, quero que olhe para este gráfico:

A linha amarela é o S&P 500. Índice das maiores ações dos EUA...

A linha azul é andamento da carteira de ativos internacionais do Marink Martins, nosso especialista em mercado externo e volatilidade.

Sim, assinante e leitor Inversa, você não leu errado. 

É possível investir fora do Brasil com a ajuda da Inversa. E temos um grande especialista para guiar você.

Em outubro de 2019, o Marink organizou e apresentou, sozinho, uma série especial gratuita de podcasts que avisaram: 2020 seria o ano da Turbulência...

Quem acompanhou e seguiu o Marink, não perdeu tanto dinheiro assim nesta queda brusca que tivemos nos últimos quinze dias.

SE VOCÊ ACREDITA QUE DÁ TEMPO DE PROTEGER SEU PATRIMÔNIO DESTA QUE PODE SER A MAIOR CRISE DESDE 1929…

Assunto #4: Os Conselhos, Tweets e o Rápido Pedro Cerize...

Você deve ter visto nesta semana que o Pedro Cerize revisou duas vezes sua alocação indicada.

Esse é um reflexo de quão dinâmico está o mercado. 

Os maiores especialistas do nosso país, pessoas que passaram por inúmeras crises, estão de olho em cada movimento dos governos e sinais das economias internacionais para agir.

Cada decisão dos líderes mundiais conta, cada incentivo dos governos conta, cada dia de sobe e desce do mercado mexe com os indicadores do mercado.

Ou meras especulações...

A verdade é que quando o mercado está subindo é fácil ser inteligente. Na alta volatilidade é diferente.

Ter ao seu lado os mentores certos, agora, faz toda a diferença.

PARA ACOMPANHAR AS MUDANÇAS DINÂMICAS DO MERCADO COM AS ALOCAÇÕES E OS CONSELHOS DO PEDRO CERIZE, CLIQUE AQUI.

Assunto #5: Cartas Secretas do “Gigante das Redes Sociais”...

Dentre as principais redes sociais do mundo estão…

1. Facebook: 2,27 bilhões de usuários...
2. YouTube: 1,9 bilhões...
3. WhatsApp: 1,5 bilhões...
4. Facebook Messenger: 1,3 bilhões...
5. WeChat: 1,08 bilhões...
6. Instagram: 1 bilhão...

Mais da metade das empresas desta lista é comandada por um único homem...

No ano de  2016, esse gigantes das redes sociais ignorou um evento que até hoje faz bilionários pelo mundo.

E essas Cartas secretas que estou mencionando para você hoje vão revelar este evento. Ele pode aumentar em tempo recorde os ganhos de qualquer investidor e foi objeto de estudo profundo de uma das especialistas da Inversa.

Fique de olho no seu e-mail dia 24 de março. Nesse dia, a Helena vai enviar a primeira Carta secreta para você..

Um abraço,

Olivia Alonso

P.S. IMPORTANTE: Já estão no ar os dois primeiros podcasts da nossa série especial Coronavírus e os momento dos mercados. Ouça agora gratuitamente clicando aqui.

A Inversa é uma Casa de Análise regularmente constituída e credenciada perante CVM e APIMEC.

Todos os nossos profissionais cumprem as regras, diretrizes e procedimentos internos estabelecidos pela Comissão de Valores Mobiliários em sua Instrução 598, e pelas Políticas Internas estabelecidas pelos Departamentos Jurídico e de Compliance da Inversa.

A responsabilidade pelas publicações que contenham análises de valores mobiliários é atribuída a Felipe Paletta, profissional certificado e credenciado perante a APIMEC.

Nossas funções são desempenhadas com absoluta independência, não sendo dotadas de quaisquer conflitos de interesse, e sempre comprometidas na busca por informações idôneas e fidedignas visando fomentar o debate e a educação financeira de nossos destinatários.

O conteúdo da Inversa não representa quaisquer ofertas de negociação de valores mobiliários e/ou outros instrumentos financeiros. Os destinatários devem, portanto, desenvolver as suas próprias avaliações.

Todo o material está protegido pela Lei de Direitos Autorais e é de uso exclusivo de seu destinatário, sendo vedada a sua reprodução ou distribuição, seja no todo ou em parte, sem prévia e expressa autorização da Inversa, sob pena de sanções nas esferas cível e criminal.  

Conteúdo protegido contra cópia