Sunday Notes #108 - Enquanto está subindo, compre.

Olivia Alonso Publicado em 19/01/2020
5 min
Nesta edição, falo de dois grandes privilégios que tenho aqui e conto de uma conversa que tive com o Ivan Sant'Anna. Se você ainda não está pegando os bull markets das ações e das commodities, dê uma olhada!

Sunday Notes

Estava gravando um vídeo com o Ivan Sant'Anna nessa semana e ele comentava que há décadas não via o que vê hoje no mercado...

- Tudo está subindo. Temos bull market nos mais diversos mercados... De ações a commodities...

E eu perguntei: e então, Ivan, dado tudo o que você viu nos últimos 60 anos de mercado financeiro, o que você nos diz agora. Dá para entrar em tudo?

- Sim. Enquanto está subindo, compre. Entre na tendência e aproveite. Já vi muita gente não entrar e subir muito mais.

O Ivan, inclusive, sugeriu aos nossos leitores que investissem em açúcar. Foi em dezembro e, de lá para cá, quem entrou já ganhou bastante. Insisti: Ivan, mas ainda dá para entrar no açúcar?

- Sim. Dá para entrar e ainda vai longe.

Ele bancou. E a gente foi atrás de fazer uma publicação explicando como investir em açúcar, que não é a aplicação mais trivial do mundo. Indiquei inclusive aos meus familiares que colocassem um pouco de dinheiro na aposta do Ivan. 

Almocei com o Leonardo Pontes, das nossas Small Caps, alguns dias atrás. E, mesmo depois de já ter entregado 68% no ano passado, ele estava convicto:

- Este ano tem mais, Olivia. Vamos aproveitar bastante ainda.

Conviver com pessoas como o Ivan, o Leo e os demais 9 integrantes de nosso time de especialistas de investimentos é um grande privilégio. É maravilhoso poder trocar ideias com quem tem 10, 20 ou até 60 anos de experiência. E ver como eles se preparam para o mercado hoje.

Em comum, eles têm a humildade de não achar que sabem tudo. De não querer adivinhar o futuro, mas sim estudar, observar e trabalhar com dados, fatos e probabilidades, como diz o André Barros em sua última newsletter. E, em comum, eles têm o propósito de ajudar o investidor pessoa física a se tornar um investidor mais completo.

Por falar em investidor completo, estou neste momento bem no meio da segunda temporada do programa que tem como objetivo principal dar o passo a passo para que investidores leigos invistam com segurança. Na terça-feira vamos abrir uma nova turma do Investidor Completo para quem está acompanhando meus vídeos por aqui.

Nos últimos dias, conversei com alguns dos assinantes atuais da série, que entraram em 2019... Eles me contaram suas histórias de investimento e falaram sobre o quanto suas vidas mudaram desde que entraram no programa.

Esse contato com os assinantes que compartilham suas histórias, dão feedbacks, ganham dinheiro com a gente e nos ajudam a disseminar o que aprenderam é, também, um privilégio.

É o caso da Mathilde, que estava super feliz com as ações que comprou por sugestão da série Small Caps no ano passado. E até nos deixou um relato de sua experiência...

"Conheci a Inversa pelo YouTube. Assistindo a um vídeo, apareceu a Olívia. E depois dela aparecer três vezes, eu pensei: “Bom, vamos escutar essa mulher. Vamos ver o que ela tem para me dizer”. E me identifiquei muito com a Olívia, pela sua forma de falar segura, me passou seriedade e honestidade, e resolvi assinar o Investidor completo. Através das primeiras aulas, que são gratuitas, eu pensei: “Bom, para eu saber mais eu preciso investir um pouquinho”. E a medida em que eu fui assistindo às aulas, fui ficando cada vez mais fascinada. Quando ela falou em Small Caps, eu pensei: “nossa, o que é isso?”. Conheci um pouco mais sobre essa palavra e fiquei fascinada. Pensei: “ganhar rápido é tudo o que a gente quer”. E então, dentre todas as séries da Inversa, eu preferi assinar a Small Caps e comecei a entender mais. Fui dando um tempo para eu ter confiança em mim e em todas as informações que eu estava tendo. Confiança em quem estava passando as informações. Esse meu tempo durou de 3 a 6 meses e então comecei a me aventurar em mudar o meu estilo de investimento. Até então, eu investia em Poupança e em imóveis. Eu já tinha uma corretora de valores e, com o perfil moderado, fui me interessando pelas Small Caps. As orientações foram me deixando segura. E 6 meses depois, eu comecei a investir em Small Caps com as orientações da Inversa. Nesses 6 meses eu cheguei a ter um faturamento de 50% no investimento que eu fiz e continuo lendo e assistindo as indicações da Inversa. E, claro, indicando também. Porque se mudou a minha vida, pode mudar a vida de outras pessoas."

Felipe Paletta, Mathilde e eu, na Inversa. Se você ainda não conhece o Investidor Completo, convido você a conhecer agora, começando pelos três primeiros vídeos da minissérie Como Faço

Peço que você indique para pessoas que tenham interesse em começar a investir melhor. 

O foco é o investidor leigo, que tem vontade de colocar o dinheiro para render, mas tem tanta dúvida que acaba sem saber como começar.

É só indicar este link aqui!

Um abraço e até a próxima semana,

Olivia Alonso 

Um abraço,

A Inversa é uma Casa de Análise regularmente constituída e credenciada perante CVM e APIMEC.

Todos os nossos profissionais cumprem as regras, diretrizes e procedimentos internos estabelecidos pela Comissão de Valores Mobiliários em sua Instrução 598, e pelas Políticas Internas estabelecidas pelos Departamentos Jurídico e de Compliance da Inversa.

A responsabilidade pelas publicações que contenham análises de valores mobiliários é atribuída a Felipe Paletta, profissional certificado e credenciado perante a APIMEC.

Nossas funções são desempenhadas com absoluta independência, não sendo dotadas de quaisquer conflitos de interesse, e sempre comprometidas na busca por informações idôneas e fidedignas visando fomentar o debate e a educação financeira de nossos destinatários.

O conteúdo da Inversa não representa quaisquer ofertas de negociação de valores mobiliários e/ou outros instrumentos financeiros. Os destinatários devem, portanto, desenvolver as suas próprias avaliações.

Todo o material está protegido pela Lei de Direitos Autorais e é de uso exclusivo de seu destinatário, sendo vedada a sua reprodução ou distribuição, seja no todo ou em parte, sem prévia e expressa autorização da Inversa, sob pena de sanções nas esferas cível e criminal.  

Conteúdo protegido contra cópia