Seja bem-vindo!

Faça o login com sua conta e aproveite seus conteúdos exclusivos.

Entrar agora

Ainda não é cadastrado?

Crie sua conta

Fundos Imobiliários: Não entre em pânico!

Nícolas Merola Publicado em 14/07/2021
2 min
[RELATÓRIO GRATUITO] Aparentemente, o imbróglio criado no mercado de fundos imobiliários com a apresentação da proposta da reforma tributária chegou ao fim e o mercado foi muito eficiente em precificar esse evento.

Relatório Inversa

Fundos Imobiliários: Não entre em pânico

Por Nícolas Merola, CNPI

 

 

Não entre em pânico, temos boas notícias!

Aparentemente, o imbróglio criado no mercado de fundos imobiliários com a apresentação da proposta da reforma tributária chegou ao fim. 

No dia 13 de julho, ontem, o próprio relator da proposta confirmou através do seu Twitter que manterá a isenção na renda distribuída pelos fundos imobiliários. 

 

Com isso, podemos reavaliar o atual nível de precificação do IFIX (o principal índice do setor) desconsiderando esse fator risco, que preocupava os investidores.

No nosso relatório anterior, expliquei que havia ainda um fator de risco secundário para o mercado: o aumento da taxa básica de juros.

Isso porque ela influencia os instrumentos que melhor competem com os fundos imobiliários quando o quesito é renda – falo de frequência e previsibilidade.

Portanto, atualizando os cálculos feitos no passado, simulei a renda dos fundos imobiliários um ponto percentual maior que a taxa básica de juros projetada para o fim do ano.

Dado que no último mês, a renda do setor subiu bastante em função do reaquecimento da economia, meu alvo de patamar justo para a classe é  2.750 pontos.

Porém, lembre-se que essa recuperação da renda tende a continuar, o que, utilizando as premissas anteriores, justificaria níves de preços ainda mais altos.

Meu entendimento do episódio é que o mercado foi muito eficiente em precificar esse evento.

Ele não acreditou, na maior parte do tempo, que a reforma passaria da forma como foi apresentada inicialmente.

Nós fomos mais cautelosos, nos demos o direito à dúvida. O que julgo correto.

Agora, podemos nos reposicionar aliviados.

 

Nícolas Merola, CNPI

A Inversa é uma Casa de Análise regulada pela CVM e credenciada pela APIMEC. Produzimos e publicamos conteúdo direcionado à análise de valores mobiliários, finanças e economia.
 
Adotamos regras, diretrizes e procedimentos estabelecidos pela Comissão de Valores Mobiliários em sua Resolução nº 20/2021 e Políticas Internas implantadas para assegurar a qualidade do que entregamos.
 
Nossos analistas realizam suas atividades com independência, comprometidos com a busca por informações idôneas e fidedignas, e cada relatório reflete exclusivamente a opinião pessoal do signatário.
 
O conteúdo produzido pela Inversa não oferece garantia de resultado futuro ou isenção de risco.
 
O material que produzimos é protegido pela Lei de Direitos Autorais para uso exclusivo de seu destinatário. Vedada sua reprodução ou distribuição, no todo ou em parte, sem prévia e expressa autorização da Inversa.
 
Analista de Valores Mobiliários responsável (Resolução CVM n.º 20/2021): Nícolas Merola - CNPI Nº: EM-2240

Conteúdo protegido contra cópia