Pai Rico Pai Pobre Daily #3 - Você não precisa de dinheiro...

Robert Kiyosaki Publicado em 20/09/2020
8 min
Pai Rico Pai Pobre Daily, por Robert Kiyosaki

Nota da Publisher: com muita alegria, anuncio a chegada de Robert Kiyosaki, o Pai Rico Pai Pobre, ao time de especialistas da Inversa. A partir de agora, vamos dividir com você o brilhantismo de um dos maiores gurus financeiros da atualidade. Fique abaixo com mais um texto do Robert.

Caro Leitor,

Em termos extremamente simples, após 1971 e a morte do dólar, o dinheiro se tornou dívida. Para que a economia se expandisse, você e eu tivemos que nos endividar. É por isso que os cartões de crédito passaram a ser enviados pelo correio e os empréstimos estavam disponíveis inclusive para pessoas com um histórico de crédito que não era dos melhores.

Nesse mesmo ano, enquanto eu lutava na Guerra do Vietnã, meu pai rico me avisou que as regras do dinheiro mudaram. Ele disse: “O dólar agora é oficialmente dinheiro do Banco Imobiliário e as regras do jogo de tabuleiro são agora as novas regras do dinheiro no mundo”. Na época, eu não tinha ideia do que ele queria dizer. Alguns dias depois de receber a carta dele, encontrei um jogo Banco Imobiliário bastante usado na sala dos oficiais. Por ter jogado o jogo várias vezes, nunca me preocupei em olhar as regras. Mas com as palavras do meu pai rico sobre as regras do Jogo Imobiliário serem as novas regras do dinheiro ecoando em minha cabeça, comecei a folhear o livro de regras e li: “O banco nunca quebra. Se o banco ficar sem dinheiro, poderá emitir o máximo que for necessário simplesmente escrevendo em qualquer pedaço de papel comum.

Tecnicamente, o dinheiro em sua carteira é dinheiro do Jogo Imobiliário rabiscado em um pedaço de papel comum. É uma declaração de dívida. Nosso dinheiro é dívida. A razão pela qual a atual crise financeira é tão severa é porque as regras sobre o dinheiro do Banco Imobiliário permitiram que nossos maiores bancos e Wall Street empacotassem as dívidas e as vendessem ao mundo como ativos.

Se nós, como povo, soubéssemos que nosso dinheiro foi corrompido, dinheiro do Banco Imobiliário, poderíamos não estar na bagunça financeira em que estamos hoje. Se as pessoas tivessem educação financeira, haveria mais de uma pessoa em um milhão que poderia identificar nosso problema financeiro. Se as pessoas tivessem mais educação financeira, não acreditariam cegamente que sua casa é um ativo, que poupar dinheiro é algo inteligente, que a diversificação os protege dos riscos e que investir no longo prazo em fundos mútuos é uma forma sábia de investir. Mas, devido à nossa falta de educação financeira, os poderosos podem continuar com políticas monetárias destrutivas. É para o benefício deles que você e eu estamos no escuro.
 

Por Que Não Ouro?

Alguns desses pseudo especialistas dizem que o ouro não tem “valor intrínseco”. Os especialistas dizem que o ouro não tem valor intrínseco porque ninguém realmente usa ouro. Além disso, o ouro não tem valor intrínseco porque não paga juros.

A prata, por outro lado, tem valor intrínseco porque é usada como metal industrial. E as ações do McDonald’s têm valor intrínseco porque as pessoas comem Big Macs.

Para a maioria das pessoas, o ouro é apenas ouro, um pedaço de metal caro que usam como adorno ou escondem em lugares seguros.

Para mim, o valor intrínseco do ouro é o valor da confiança. As pessoas confiam no ouro e confiam no ouro há milhares de anos. No mundo atual de incompetência global, a confiança é uma mercadoria valiosa. Reserve um momento para pensar em como a confiança é valiosa para você. Pense nas pessoas em quem você confia. Quanto vale a confiança para você?

Há anos sou muito pessimista com relação ao dólar. É por isso que tenho tantos dólares. Isso soa uma contradição, mas deixe-me explicar. A razão pela qual eu tenho tantos dólares, mesmo pensando que cada vez eles valem menos, é porque não me apego a eles. Na minha opinião, dinheiro é lixo.

Uma das razões pelas quais no mundo temos essa enorme lacuna entre os que têm e os que não têm é porque os que não têm valorizam o dinheiro — eles trabalham para ganhar dinheiro, para guardá-lo, se apegam e ele e o perdem.

Então, o que vai acontecer? A resposta é: eu não sei. Se eu tivesse uma bola de cristal, seria um homem muito mais rico do que sou hoje.

O que sei, no entanto, é que a moeda americana está com problemas. Os ricos entendem que poupadores são perdedores e procuram continuamente ativos com os quais movimentar seu dinheiro.

Apostando No Seu Futuro

Você pode estar se perguntando como preservar seus ativos quando o sistema bancário nacional está com tantos problemas. Existem muitas maneiras diferentes de prosperar na economia de hoje. Você pode não apenas sobreviver, mas também lucrar com isso. Aqui estão algumas maneiras de não apenas proteger, mas também aumentar seus ativos nestes tempos de aparente precariedade:

  1. Compre ouro e prata: Para a maioria das pessoas, essa é a maneira mais simples de proteger seu futuro financeiro. Desde que você possa comprar ouro por menos de US$ 2.000 a onça e prata por menos de US$ 50 a onça, suas chances de sobreviver às próximas crises são boas se você puder acumular um estoque de ouro e prata. Sou um entusiasta de ouro e prata desde 1972, quando testemunhei o povo vietnamita entrar em pânico por causa do papel-moeda. A vantagem do ouro e da prata é que são um bom investimento, mesmo para pessoas com morte cerebral financeira. Não é preciso muita inteligência para procurar um vendedor autorizado desses metais, comprar moedas de ouro e prata e armazená-las. 
  2. Invista em petróleo e gás: Para médicos, advogados e outras pessoas de alta renda, a produção de petróleo e gás é um bom investimento. No caso dos EUA, por exemplo, as razões pelas quais petróleo e gás são bons investimentos para pessoas de alta renda são as vantagens fiscais e a renda passiva mensal que eles geram se você investir em uma boa empresa de perfuração. Por exemplo, se um investidor investe US$ 100.000 em um projeto de petróleo, o governo concede uma redução de impostos de 70% ao investidor. E se — e esse é um grande se — a perfuração encontra petróleo ou gás, o investidor recebe fluxo de caixa da venda desse petróleo ou gás todos os meses. Se um poço produz petróleo por 25 anos, o investidor recebe renda passiva por 25 anos. Além da receita passiva, o investidor recebe uma isenção de imposto por 25 anos sobre a receita. Isso significa que, em vez de pagar impostos sobre a sua renda, que teria que pagar se guardasse o dinheiro em um banco ou investisse em um plano de previdência, o investidor recebe uma isenção de imposto.


Quando A Realidade Prevalece

A realidade da alta da inflação vai prejudicar a vida daqueles que economizam dinheiro e recompensar aqueles que sabem como usar dívidas e mercadorias para ampliar sua riqueza. Em outras palavras, o que pode tornar a vida da classe trabalhadora mais difícil pode fazer com que alguns fiquem muito ricos.

Se você quer ser rico, também precisa pensar como os ricos. Não estou sugerindo que você invista em ouro. Faça isso apenas se tiver feito sua lição de casa, avaliado o risco e caso ache que seja a coisa certa a fazer. O que estou sugerindo é que você comece a procurar onde movimentar seu dinheiro. Seja no setor imobiliário, numa empresa, em ações ou commodities, o importante é investir em ativos que ofereçam proteção contra a inflação se você quiser ficar rico.

Abraço,

Robert Kiyosaki
Original de 17 de julho de 2020

A Inversa é uma Casa de Análise regularmente constituída e credenciada perante CVM e APIMEC.

Todos os nossos profissionais cumprem as regras, diretrizes e procedimentos internos estabelecidos pela Comissão de Valores Mobiliários em sua Instrução 598, e pelas Políticas Internas estabelecidas pelos Departamentos Jurídico e de Compliance da Inversa.

A responsabilidade pelas publicações que contenham análises de valores mobiliários é atribuída a Felipe Paletta, profissional certificado e credenciado perante a APIMEC.

Nossas funções são desempenhadas com absoluta independência, não sendo dotadas de quaisquer conflitos de interesse, e sempre comprometidas na busca por informações idôneas e fidedignas visando fomentar o debate e a educação financeira de nossos destinatários.

O conteúdo da Inversa não representa quaisquer ofertas de negociação de valores mobiliários e/ou outros instrumentos financeiros. Os destinatários devem, portanto, desenvolver as suas próprias avaliações.

Todo o material está protegido pela Lei de Direitos Autorais e é de uso exclusivo de seu destinatário, sendo vedada a sua reprodução ou distribuição, seja no todo ou em parte, sem prévia e expressa autorização da Inversa, sob pena de sanções nas esferas cível e criminal.  

Conteúdo protegido contra cópia