Pai Rico Pai Pobre Daily #27 - Domine estas 6 regras básicas do investimento

Robert Kiyosaki Publicado em 13/01/2021
9 min
O processo de passar de empregado ou autônomo para empresário ou investidor sofisticado é um pouco como o de uma lagarta se transformando em uma linda borboleta. Leva tempo e muitas vezes requer uma transformação total na mentalidade e no comportamento.
  • ​​​​​​Os princípios de que você precisa para gerar renda passiva
  • O #5 pode surpreendê-lo
  •  Invista em sua educação financeira

Caro(a) leitor(a),

Uma das coisas que mais amo no meu trabalho é fazer as pessoas saírem do lado esquerdo para o direito no Quadrante do Fluxo de Caixa®.

O processo de passar de empregado ou autônomo para dono de um negócio ou um investidor sofisticado é um pouco como o de uma lagarta se transformando em uma linda borboleta. Leva tempo e muitas vezes requer uma transformação total na mentalidade e no comportamento.

Uma dessas mudanças de comportamento é entender o que fazer quando você tem mais dinheiro de repente à sua disposição. Seja por uma herança, seja por aumento ou bônus, seja alguma outra fonte, a tentação para quem está do lado esquerdo do quadrante pode ser, na melhor das hipóteses, seguir conselhos convencionais sobre dinheiro, ou, na pior delas, gastá-lo em passivos como carros ou férias.

Tais conselhos convencionais podem ser aumentar suas contribuições para sua aposentadoria ou continuar economizando e vivendo dentro de seus limites financeiros. Escrevi muito sobre esses dois tópicos, e não deve ser surpresa nenhuma que eu não gosto de nenhum deles.

Se você está tendo a sorte de ganhar mais dinheiro do que o usual, este é o momento perfeito para você colocar em prática um dos fundamentos do Pai Rico: investir em ativos que gerem dinheiro.

Mas para fazer isso, você precisa entender os fundamentos do investimento. Aqui estão seis regras básicas de investimento para você dominar, as quais meu Pai Rico me ensinou.

#1 Use a dívida para ficar rico

Nunca uso meu próprio dinheiro para investir. Eu uso dívidas. É um fundamento que eu chamo OPM (Others people money; em português, dinheiro de outras pessoas). 

Por exemplo, aqueles que são bem-sucedidos investindo em imóveis entendem que a melhor maneira de obter um alto retorno é ter o mínimo de seu próprio dinheiro em um negócio.

Investidores imobiliários ricos gastam seu tempo encontrando os melhores negócios para, em seguida, apresentá-los a investidores que estejam dispostos a financiá-los.

Quando bem planejado, o uso do OPM permite que um investidor imobiliário garanta um ativo valioso, de alto retorno, que gere renda por pouco ou nada de investimento do próprio bolso.

Minha esposa, Kim, usou OPM em seu primeiro investimento – uma casa de aluguel em Portland, Oregon. Hoje, ela possui milhares de apartamentos. Ela usou esse método da ‘boa dívida’ para aumentar a velocidade de crescimento de seu dinheiro, de uma casa pequena para um portfólio enorme. E você também pode. Isso começa com pensar diferente sobre dinheiro, aumentar a inteligência financeira e trabalhar nisso hoje.

#2 Saiba que tipo de renda você está gerando

A maioria das pessoas cresce e acredita que ganhar um salário é o único tipo de renda. Elas não percebem que existem diferentes tipos de renda. 

Durante anos, meu Pai Rico me disse que há três tipos:

Renda do trabalho: Esse é o tipo de renda em que a maioria das pessoas pensa quando se fala em ganhar dinheiro. É a renda do conjunto de trabalho das 9h às 18h. Geralmente, ela é ganha por meio de um salário. É a renda mais tributada e, portanto, a mais difícil de usar para construir riqueza, devido ao governo pegar parte dela antes mesmo de você obtê-la e ao fato de que você está trocando tempo por dinheiro.

Sua capacidade de ganhar é baseada em quanto tempo você pode trabalhar. É também a renda sobre a qual você tem menos controle. Ela é determinada por seu empregador e pode ser cortada ou você pode ser demitido(a). E, se quiser aumentar sua renda, você terá de encontrar um emprego melhor ou torcer para que seu empregador lhe pague mais.


Renda de carteira: A maioria dos funcionários mais bem pagos também tem alguma forma de rendimento da carteira, geralmente na forma aposentadoria e vários ativos, como fundos mútuos administrados por consultores financeiros. O rendimento da carteira é geralmente derivado de ativos como ações, títulos e fundos mútuos.

É a segunda renda mais tributada e é moderadamente difícil de construir riqueza devido a seus baixos retornos. A maioria dos especialistas diz que você pode esperar 7% ao ano em retornos de uma carteira do tipo durante um longo período de investimento. Há, é claro, grandes altos e baixos que podem acontecer durante esse tempo. Um retorno de 7% pode parecer muito para uma pessoa com baixa inteligência financeira, mas os ricos recusariam uma estratégia de investimento que só oferece esse pouco em troca. Assim como a renda do trabalho, você tem pouco controle sobre o rendimento da sua carteira. Você está à mercê dos altos e baixos do mercado de ações e da habilidade de seu conselheiro.

Renda passiva: Pessoas com alto QI financeiro têm uma estratégia de investimento que visa criar renda passiva. A renda passiva é geralmente derivada de imóveis, royalties e distribuições empresariais. Se você recebe aluguel de um imóvel, isso é renda passiva. Eu recebo royalties dos meus livros.

São ativos que geram dinheiro como renda passiva. Se você possui um negócio que gera lucro para você, isso também é renda passiva. Em suma, é a renda que chega a você, você trabalhando ou não. É a renda menos tributada, com muitos benefícios fiscais e a mais fácil de construir riqueza graças à sua combinação de impostos baixos e retornos potencialmente infinitos.

Certa vez, meu Pai Rico me disse: "Se você quer ser rico, trabalhe por renda passiva."
O caminho para a construção da riqueza começa, então, com a compreensão de que existem outros tipos de renda e, em seguida, com a conversão da sua renda do trabalho nos outros tipos, da forma mais eficiente possível.

"Resumindo, isso", disse o Pai Rico, "é tudo o que um investidor deve fazer. É o mais básico possível."

É por isso que, quando alguém recebe um aumento, eu não recomendo colocar em aposentadoria ou continuar cortando despesas, o que essencialmente significa poupar.
Em vez disso, digo para ‘pagar-se primeiro’, investindo esse dinheiro extra em ativos que gerem mais dinheiro. Em suma, converta seu aumento salarial em renda passiva.

A maneira mais fácil de fazer isso é transformar seu investimento em despesa recorrente, tornando-a a mais importante. Kim e eu fizemos isso por anos, colocando nosso dinheiro de investimentos em nossa coluna de despesas orçamentárias.

Mesmo quando não tínhamos dinheiro para pagar todas nossas despesas, sempre pagávamos a ‘despesa de investimento’ primeiro (para desespero do nosso contador). Sempre achamos um jeito de pagar nossas outras despesas também, mesmo que um pouco tarde. Dessa forma, mudamos nossa mentalidade sobre dinheiro e investimento.

#3 Obtenha educação financeira

Quando eu era jovem, meu Pai Rico me disse: "Se quer ter sucesso no mundo real, você e sua geração precisarão de mais do que apenas educação acadêmica e profissional."
Pai Rico estava falando, claro, sobre educação financeira. A educação financeira é sobre como o dinheiro funciona e como fazê-lo funcionar para você. Ela ensina sobre dívida e como usá-la de forma inteligente, a história do dinheiro, o que é um balanço financeiro e como lê-lo, a diferença entre um ativo e passivo, e muito mais.

Para ser claro, não estou dizendo que a educação financeira é mais importante do que a educação acadêmica e profissional. Na verdade, aqueles que são financeiramente inteligentes precisam da ajuda daqueles que têm ambas as educações. Você não pode ter sucesso sem a ajuda de grandes advogados, contadores, corretores, entre outros.

Mas o fato é que, se quiser ficar rico no mundo de hoje, você precisa de educação financeira além da acadêmica e profissional. Na verdade, os profissionais com quem trabalho também têm uma ótima educação financeira. É por isso que nos damos tão bem. E juntos ficamos ricos.

#4 Invista para ter fluxo de caixa

"Os ricos não trabalham por dinheiro" é o título do primeiro capítulo de Pai Rico, Pai Pobre. Veja, os ricos não trabalham por dinheiro, mas para adquirir ativos.

Quando jogava Monopólio® quando criança, meu Pai Rico não estava simplesmente jogando um jogo de tabuleiro comigo para passar o tempo. Ele estava me ensinando a fórmula do fluxo de caixa: "quatro casas verdes, um hotel vermelho."

O investimento imobiliário para ter fluxo de caixa está colocando essa fórmula simples em ação no mundo real.

Assim, enquanto os pobres e a classe média vão para um emprego e ganham seus rendimentos por meio de um salário, os ricos ganham renda passiva adquirindo ativos.

#5 O investidor é que corre risco, não o ativo

Muitas pessoas acham que investir é arriscado. A realidade, no entanto, é que é o investidor que corre riscos. Um investidor pode ser comparado com ativos ou passivos.
"Já vi investidores perderem dinheiro quando todos estavam ganhando", disse o Pai Rico. "Na verdade, um bom investidor adora seguir um investidor que corre risco, porque é aí que as verdadeiras negociações de investimento podem ser encontradas!"

O que isso significa é que seu conhecimento financeiro pode ser um ativo ou um passivo. Se você tem um QI financeiro baixo, mas decide mergulhar em grandes investimentos de qualquer maneira, você vai cometer um monte de erros com os quais os investidores com QI financeiro elevado vão capitalizar.

Se você quer deixar de ser um investidor arriscado para um bom investidor, primeiro invista em sua educação financeira. Como parte de sua educação — porque nada supera a experiência da vida real —, comece pequeno com seus investimentos, aprenda com seus erros e, em seguida, faça investimentos maiores.

#6 Saiba como levantar capital

Uma das minhas grandes preocupações como investidor iniciante era como eu levantaria dinheiro se encontrasse um bom negócio. Meu Pai Rico me lembrou que meu trabalho era manter o foco nas oportunidades na minha frente e estar preparado para elas.

"Se você está preparado, o que significa que você tem educação e experiência", disse o Pai Rico, "e você encontra um bom negócio, o dinheiro vai encontrá-lo ou você vai encontrar o dinheiro."

O argumento do Pai Rico era que conseguir o dinheiro era a parte fácil. A parte difícil foi encontrar um grande negócio que atrairia o dinheiro — e é por isso que tantas pessoas estão prontas para dar dinheiro a um bom investidor. 

Abraço,

Robert Kiyosaki

A Inversa é uma Casa de Análise regularmente constituída e credenciada perante CVM e APIMEC.

Todos os nossos profissionais cumprem as regras, diretrizes e procedimentos internos estabelecidos pela Comissão de Valores Mobiliários em sua Instrução 598, e pelas Políticas Internas estabelecidas pelos Departamentos Jurídico e de Compliance da Inversa.

A responsabilidade pelas publicações que contenham análises de valores mobiliários é atribuída a Felipe Paletta, profissional certificado e credenciado perante a APIMEC.

Nossas funções são desempenhadas com absoluta independência, não sendo dotadas de quaisquer conflitos de interesse, e sempre comprometidas na busca por informações idôneas e fidedignas visando fomentar o debate e a educação financeira de nossos destinatários.

O conteúdo da Inversa não representa quaisquer ofertas de negociação de valores mobiliários e/ou outros instrumentos financeiros. Os destinatários devem, portanto, desenvolver as suas próprias avaliações.

Todo o material está protegido pela Lei de Direitos Autorais e é de uso exclusivo de seu destinatário, sendo vedada a sua reprodução ou distribuição, seja no todo ou em parte, sem prévia e expressa autorização da Inversa, sob pena de sanções nas esferas cível e criminal.  

Conteúdo protegido contra cópia