Tônica da Semana: O que está no preço nesse mercado em pânico

Willian Castro Alves Publicado em 16/03/2020
10 min
A questão é saber quem sobrevive a um trimestre sem vender, sem ter receita e tudo mais. Na dúvida, a reação do mercado é apostar que ninguém sobrevive e o mundo acaba.

Cara, eu pensei muito no que escrever aqui, mas neste momento pouco importa o que eu acho ou penso….o mercado dá a mínima para a minha opinião. Ainda assim, dar-vos-ei ela (minha opinião)…#voltaTemer #saudades

 

TEM BOI NA LINHA FED? 

Fed anunciou outra injeção de liquidez como forma de “acalmar” o mercado.


Cortou os juros emergencialmente, anunciou 1,5 TRI em operações de liquidez. Agora, cortou novamente os juros para a faixa de zero a 0,25% e ainda lançou um QE de mais de $700 BI.

Mas o que me chama atenção é que ao invés de acalmar o mercado, tais moves têm trazido certo pânico, pânico de que haja algo por trás, algo maior, aquela impressão de que tem boi na linha!

Gráfico abaixo mostra, nos pontos vermelhos, os cortes excepcionais de juros, sempre em épocas de crises das grandes! (Fonte: @Pedrocrize)


Botando em contexto, foi o maior corte nas recentes décadas…


Minha opinião: O Fed está fazendo o que pode para “ajudar” o mercado a não cair numa recessão mais aguda e nisso eles estão fazendo o certo! Problema é que, com o estado de pânico que abateu o mercado, temos o aumento das especulacões de que as medidas do Fed são uma tentativa de evitar a quebra de alguma ou algumas instituições financeiras por conta da crise. Até agora, não chegamos a ter uma crise financeira, mas seus movimentos têm levantado essa bola! Para que injetar tanto dinheiro se isso não está surtindo efeito?! Parece ter boi na linha! 

BOI ITALIANO…

Nessa linha de raciocínio, o medo é o seguinte:

mundo para –> empresas param –> falta dinheiro para pagar credores –> bancos não recebem por seus créditos = crise financeira!  

A empresa aérea FlyBe já quebrou. E nesse final de semena tivemos notícia de que a Alitália vai ser “encampada” pelo governo – link para matéria completaum tradicional movimento de socilizar as perdas. Empresa mal das pernas, mas estratégica: governo vai e compra para o bem de todos…

Minha Opinão: nesse momento, mercado vai tentar achar qualquer pêlo em ovo que puder! Não acho que a quebra de uma empresa aérea italiana seja algo desprezível, mas longe de ser um trigger de algo maior. Receio ainda segue sendo o contágio no sistema financeiro, algum banco ou coisa do gênero.  

O QUE ESTÁ NOS PREÇOS? 

Mercado está precificando uma recessão nos EUA no segundo trimestre. Veja que as probabilidades, ou melhor a expectativa em torno disso veio aumentando significativamente:

Olhando para China, que divulgou dados horrorosos de vendas no varejo e produção industrial, fica fácil entender o porquê do medo. O gráfico abaixo compara o índice da indústria medido pelo Fed (empire manufacturing order) com um dado semelhante da China (linha azul) …#scary:


Por outro lado, o múltiplo pelo qual a bolsa americana (S&P 500) negocia já chegou a média de 10 anos, a queda recente parece ter corrigido alguns exageros de precificação do mercado. Voltou para média. Quem compra agora não está pagando caro. Mas se cair mais, podemos dizer que fica barato.


Minha Opinião: Ocidente e Oriente são dois mundos à parte. Enquanto a situação de caos e isolamento ficava restrita a Wuhan ou à China, o mundo ocidental seguia sua vida normal. Mas agora que afetou a vida de espanhóis, italianos e americanos chegamos no pânico!

É totalmente compreensível. O mundo, tal qual a China, vai parar. E ninguém sabe por quanto tempo. Logo, é razoável supor um trimestre de contração da atividade. Eu disse um! Não dois, nem um ano inteiro. Eu disse um!

E digo isso porque essa foi a realidade da China! Fora isso, como já disse aqui: temos vacinas sendo desenvolvidas; pelo que li, o vírus não se desenvolve tanto no calor, e o verão do hemisfério norte vem aí; é uma gripe e as pessoas se recuperam. Ela passa.

A questão aqui é saber quem sobrevive a um trimestre sem vender, sem ter receita e tudo mais. Na dúvida, a reação do mercado é apostar que ninguém sobrevive e o mundo acaba. 


E O PETRÓLEO? 

Eliseu fez um post dedicado a isso: quais empresas sobrevivem, o que está sendo colocado nos preços do setor. Dá uma olhada que vale a pena:


3 CONSTATAÇÕES…

Em meio ao caos, algumas constatações nós conseguimos fazer…

A primeira delas: o mundo não vai acabar! Não se desespere!

A segunda: o estrago já está feito, voltamos ao cenário de pânico estilo 2008 e/ou as maiores crises da história! Não há como negar, a velocidade dessa queda assustou a todos, inclusive a mim! Abaixo a comparação dessa queda com outras…


E a terceira… é a de que o Bitcoin não serviu para proteger ou diversificar carteira! A meu ver, a “moeda” não passou no teste de fogo de uma grave crise, ou na melhor das hipóteses podemos dizer que ainda não está maduro…


E NO BRASIL….

QUE PALHAÇADA É ESSA!

Começo pelo nosso Brasilzão que mais uma vez é apenas um passageiro da agonia em meio ao caos global. Na verdade, éramos, até o Congresso fazer graça e, na hora mais inoportúna do mundo, flertar com a tônica de mudança e ajuste fiscal que até então se mostrava imaculada. Parafraseando Seu Jorge:

Não foi legal, não pegou bem

Triggou stop nos juros e pegou muito gestor com o pé trocado! Vide curva de juros abaixo.


Junto a isso, deixou o BC com uma batata quente na mão! Na hora que precisaria eventualmente dar uma martelada nos juros para não deixar a economia se contagiar com o corona, acaba ficando de mãos atadas, pois se abaixar juros mercado vai questionar sobre o desarranjo fiscal! Matéria do Brazil Journal fala a respeito – link.

Minha opinião: independentemente de o governo conseguir consertar isso, a mensagem foi muito ruim! Mostra fraqueza e desalinhamento do governo com o Congresso. Tudo que não precisávamos agora! Não admira o desempenho sofrível do Brasil em meio ao que vivemos. Fomos o patinho feio das moedas e das bolsas! Abaixo, gráfico que mostra o Brasil na zona de rebaixamento das bolsas mundiais! QUE PALHAÇADA! 


TA BARATO? 

É vero que pode ficar mais barato, sempre pode. Mas nem você nem eu saberemos qual será o nível de mínimo!

Minha opinião: tem coisa que já ficou muito barata. Breno fez um post e colocou uma lista de empresas abaixo de valor de patrimônio – confere.

Mercado no Brasil deve seguir  no modo pânico. Brasil ainda não parou, isso vai assustar muita gente, controlar brasileiro é difícil. Nos prender em casa também. Dados já mostram que a evolução no Brasil está sendo mais rápida que em alguns lugares – vide reportagem da Folha

Ainda assim, lembro que tudo isso deve durar um trimestre, ou você realmente acredita que vamos ficar trancados em casa por seis ou doze meses?!  

Você se sente confortável para vender? Eu não! Então, sigo buscando a imunização racional…

MÚSICA 

Não vou deixar a tristeza bater. Por isso, vamos com um clássico! Um chamado a RACIONALIDADE nesse momento irracional! O síndico Tim Maia com seu album “Racional” nos deixou essa beleza aqui: TIM MAIA – BOM SENSO

Era isso.
Aquele Abs.

Conteúdo protegido contra cópia