Investigador Financeiro #91 - Você ainda investe como se fosse 1995?

Andre Zara há 2 meses
4 min
Há 25 anos, poupança entregava incríveis 14,68%, enquanto Ibovespa perdia 1,3%. Já no ano passado, quadro foi o oposto. Se você não souber se adaptar, nunca vai conseguir realmente aumentar seu patrimônio.

Olá, 

Antes de responder à questão de hoje, quero conversar com você sobre como a preocupação com o dinheiro afeta nossa vida. 

Passamos a vida toda correndo atrás de grana ou pensando sobre o assunto, o que me levou à pergunta: o que aconteceria se não tivéssemos que nos preocupar com isso?

O que você poderia fazer sem ter essa ansiedade na sua vida? E como isso afetaria as suas decisões?

Para responder, fui questionar a minha mãe, que está aposentada. Faça chuva ou faça sol, o dinheiro dela vai cair... 

E como isso muda a percepção?

Segunda ela, isso traz uma enorme sensação de liberdade e segurança, o que se reflete em coisas simples.

Se ela quer ir à praia, ela simplesmente vai, como aconteceu outro dia! Sem preocupação ou remorso. 

Além disso, essa tranquilidade financeira repercute em vontade de doar tempo e dinheiro a causas sociais. Minha mãe sente que é hora de retribuir.

Eu também quero uma aposentadoria com liberdade para poder fazer o que quiser, sem continuar me preocupando com dinheiro. E você?

Estou falando isso porque tem tudo a ver com a pergunta do leitor de hoje. Leia abaixo. 


Você pergunta, eu respondo:
(Faça sua pergunta aqui)


“Pra longo prazo, qual o melhor investimento?” – Antonio M.  

Muito obrigado pela pergunta, Antonio. Ela vai nos ajudar a entender o motivo de o investimento em longo prazo ser o melhor!

Por quê?

Quando seu horizonte de tempo é maior, você pode tomar melhores decisões, sem pressa. E seus erros podem ser corrigidos também. 

Pense em uma corrida de 100 metros versus uma maratona. No primeiro caso, se você não for perfeito em cada detalhe, vai perder a corrida. Em menos de dez segundos tudo acaba. Já em uma maratona você acelera o passo, diminui, administra suas energias...

Partindo para o campo dos investimentos, poderia falar de várias estratégias. Gosto bastante do título Tesouro Direto IPCA +, pois protege contra a inflação, dando ganhos reais ao longo do tempo. Lógico que as taxas que você vai conseguir vão mudar ao longo dos anos.  

Olha o exemplo: em 14 de janeiro de 2014, o IPCA+ 2035 estava pagando inflação e mais uma taxa de 6,69% ao ano. Hoje, o mesmo título paga 3,44%. E ninguém sabe quanto estará pagando daqui cinco anos... 

Por isso, em longo prazo, o melhor investimento é entender sobre investimentos. 

Se você não sabe o que está fazendo, como pode avaliar se o investimento que fez, no passado, ainda faz sentido? Alguma correção ao longo dos anos você vai precisar fazer na sua carteira. As coisas mudam. 

A poupança é o melhor exemplo disso. Ela já foi um bom investimento. Em 1995, o seu ganho real foi de incríveis 14,68% contra perda de 1,3% do Ibovespa. 

Mas no ano passado a poupança deu retorno real negativo (-0,05%) contra ganhos de 26% do Ibovespa (descontada a inflação). 

Se você não souber se adaptar, nunca vai conseguir realmente aumentar seu patrimônio. Afinal, ainda tem muita gente achando que é 1995 para os rendimentos da poupança...

Por isso, para investir em longo prazo, é necessário saber o básico de investimento. 

Para te ajudar com isso, a Inversa criou o treinamento on-line e gratuito “Como faço para investir meu dinheiro?”

São 4 vídeos que vão te mostrar como buscar retornos maiores, começando do zero, para poder aumentar seu patrimônio de verdade. 

Por isso, recomendo que assista às duas primeiras aulas já disponíveis. Prometo que a sua vida irá mudar depois disso. 

Se você tiver uma dúvida sobre investimentos, mande para mim neste link. Espero responder em breve. 

Um abraço,

André Zara

Felipe Paletta abriu suas 2 melhores ações para ser pago mesmo durante a crise e mais ainda depois. Veja aqui no detalhe.

Conteúdo protegido contra cópia