Investigador Financeiro #65 - Cuidado ao terceirizar seu dinheiro

Andre Zara Publicado em 06/07/2019
5 min
Tome cuidado com operações que prometem retornos altos e constantes. Você pode cair num esquema de pirâmide financeira.

Nota do Editor: Antes da newsletter, quero comentar e recomendar a Imersão para Investidores que três tubarões da Inversa estão promovendo. Eles prepararam o que deve ser o maior projeto imersivo de investimentos já feito no Brasil. E você pode acompanhar de perto as lições e indicações deles aqui neste link. A primeira parte deste projeto é 100% online e gratuita.

Olá.

Hoje, quero fazer um alerta a você. Quando recebi o e-mail abaixo da leitora, eu tive certeza que precisava dividir isso.

A mensagem dela trata de um possível golpe financeiro, desses em que muita gente cai por desconhecimento sobre como funciona o mercado.

Por isso, preste muita atenção no conteúdo abaixo para você nunca cair nessa furada. Mas deixa eu ser claro: meu intuito não é te assustar ou traumatizar.

O conservadorismo também tem o seu risco. Quando pessoas leem a respeito de esquemas como o descrito na pergunta abaixo, isso reforça sua posição: “Investir é muito perigoso. O negócio é ficar na Poupança”.

Só que deixa eu te contar uma coisa: no primeiro semestre deste ano, a Poupança perdeu para a inflação. Sabe o que isso quer dizer? Quem deixou dinheiro aplicado teve rendimento negativo de -0,3%.

Por isso, eu sempre falo aqui nesta newsletter que tem investimento para todos os perfis. Dá para ter bons retornos, mesmo sem arriscar muito. Então, vamos ao que interessa.

“Meu amigo passa o dinheiro dele para uma empresa investir na bolsa de valores e a empresa repassa mensalmente, fixo, 4% do valor investido. No final, devolve o dinheiro aplicado. Vocês conhecem empresas que fazem esse tipo de atividade? É seguro?” – Paula S.

Paula, muito obrigado por enviar a sua pergunta. A sua questão vai nos ajudar a desvendar o que pode ser um golpe, colocando o dinheiro do seu amigo em risco. Então, vamos analisar cada ponto para entender as pegadinhas.

Seu amigo passa o dinheiro dele para um terceiro investir. Que empresa é essa? É um fundo de investimento? Porque a única forma eu confiaria o meu dinheiro a terceiros para investir na Bolsa seria por meio de um fundo.

Próximo ponto: essa empresa repassa mensalmente “fixo” 4% do valor investido. Ou seja, esse terceiro está entregando renda fixa investindo na renda variável? Como é possível? Como eles têm essa previsibilidade?

E deixa eu te mostrar o motivo: em maio, o Ibovespa, principal indicador da Bolsa, subiu 0,7%. Em junho, 1,82%. Agora, como essa empresa bate todo mês o mercado, dando retornos muito superiores e de forma consistente? Sinceramente, se for um fundo, o gestor é um gênio (manda para mim o nome que quero investir com ele).

Você continua e diz que a empresa devolve o dinheiro aplicado. Eu imagino que você deve ter que investir um valor e não pode resgatar por um certo período. Até aí, tudo bem. Isso é comum no mundo dos investimentos. Em um título do Tesouro Direto, por exemplo, você investe por um tempo determinado e ele te devolve o valor, com os juros pelo “empréstimo”.

Mesmo um fundo de investimento tem um prazo mínimo para resgate, que pode ser de um único dia ou até meses. Vai depender do tipo do fundo. Por isso, antes de investir você sempre deve checar a liquidez.

Por último, em nenhum momento, você falou de impostos ou das taxas envolvidas. Essa “empresa” não cobra taxa de administração para investir o dinheiro? E como é recolhido o Imposto de Renda? 

Então, por tudo que você me contou, parece ser um esquema clássico de pirâmide! Principalmente porque essa “empresa” pega o seu dinheiro e “investe” por você, prometendo retornos fixos muito acima do mercado.

Como eu te falei, a única forma em que eu confio para “terceirizar” a gestão do meu dinheiro na Bolsa é contratando um fundo de investimento. Tem ótimos gestores no mercado que trazem retornos altíssimos aos cotistas.

É uma forma de não ter tanto trabalho investindo, porque você deixará sua grana na mão de profissionais altamente qualificados. Se você quer saber os melhores fundos de investimento do Brasil, os mais rentáveis e com menores taxas, sugiro que conheça a nova série Fundos Expert

Nosso time de especialistas vai indicar apenas as opções mais confiáveis e com ótimo histórico de retorno. Conheça aqui esse lançamento da Inversa, que vai apresentar diversos fundos bem-sucedidos para você. 

E vou dar aqui mais uma dica: quando você perde dinheiro, não culpe os outros. Culpe você mesmo. Afinal, ninguém te forçou a isso. Você pode ter sido enganado, já que o esquema de pirâmide é crime, mas é seu trabalho estar atento para não cair nessas furadas. Os golpistas sempre estarão por aí com promessas atrativas.

Se você tem uma dúvida sobre investimentos, mande para mim por meio deste link. Espero responder em breve. 

Um abraço,

André Zara.

A Inversa é uma Casa de Análise regulada pela CVM e credenciada pela APIMEC. Produzimos e publicamos conteúdo direcionado à análise de valores mobiliários, finanças e economia.
 
Adotamos regras, diretrizes e procedimentos estabelecidos pela Comissão de Valores Mobiliários em sua Resolução nº 20/2021 e Políticas Internas implantadas para assegurar a qualidade do que entregamos.
 
Nossos analistas realizam suas atividades com independência, comprometidos com a busca por informações idôneas e fidedignas, e cada relatório reflete exclusivamente a opinião pessoal do signatário.
 
O conteúdo produzido pela Inversa não oferece garantia de resultado futuro ou isenção de risco.
 
O material que produzimos é protegido pela Lei de Direitos Autorais para uso exclusivo de seu destinatário. Vedada sua reprodução ou distribuição, no todo ou em parte, sem prévia e expressa autorização da Inversa.
 
Analista de Valores Mobiliários responsável (Resolução CVM n.º 20/2021): Antonyo Giannini, CNPI EM-2476

Conteúdo protegido contra cópia