Investigador Financeiro #57 - Quanto a Ambev e o Itaú estão te pagando?

Andre Zara Publicado em 04/05/2019
2 min
Ações podem render além da valorização e gerar dividendos. Entenda mais nesta newsletter

Oi.

Na newsletter de hoje vou responder sobre como funcionam os dividendos das ações.

Ao comprar uma ação, você se torna sócio da empresa, por isso, pode ter direito aos dividendos que ela paga.

Cada pessoa tem um perfil diferente de investidor. O importante ao investir em ações é ter uma estratégia clara.

Alguns gostam de comprar ações para especular com a valorização, outros gostam de adquirir os papéis e receber os dividendos por anos.

Nesta newsletter vamos falar especificamente dos segredos dos dividendos. Aproveite.


“Como funciona o dividendo das ações? Eu compro as ações, mas como recebo o lucro delas?” - José S.

José, muito obrigado pela pergunta. Ela vai ajudar a esclarecer vários pontos sobre o investimento em ações.

Por isso, vamos direto aos pontos mais importantes.

O que são os dividendos?

São partes do lucro das empresas distribuídas aos acionistas, uma espécie de recompensa por eles possuírem ações da companhia.

Todas as ações pagam dividendos?

Não! Para começar, você precisa estar atento o número no ticker. Você já deve ter percebido que os códigos das ações têm um número no final. As ações preferenciais têm prioridade no recebimento de dividendos. Geralmente, elas são identificadas com número 4 no ticker, mas também podem terminar em 5 ou 6.

Fique atento em outra coisa: as small caps, empresas de menor porte, não costumam pagar dividendos. Isso porque elas reinvestem o lucro para poder crescer. Por isso, repito da importância da estratégia: com small caps você busca valorizações expressivas.

Com que frequência as empresas pagam dividendos?

Depende. Cada empresa tem o seu tempo, podendo ser mensalmente, trimestralmente, semestralmente ou até mesmo de vez em quando. Por isso, é importante checar o histórico da empresa antes de comprar a ação focando em uma estratégia de dividendos.

Como eles são pagos a você?

Eles caem diretamente na sua conta da corretora. Simples assim.  

Gostou dessa newsletter? Ou ainda ficou com dúvidas sobre dividendos? Então me mande a sua pergunta por meio deste link.

Um abraço, 

André Zara.

A Inversa é uma Casa de Análise regulada pela CVM e credenciada pela APIMEC. Produzimos e publicamos conteúdo direcionado à análise de valores mobiliários, finanças e economia.
 
Adotamos regras, diretrizes e procedimentos estabelecidos pela Comissão de Valores Mobiliários em sua Resolução nº 20/2021 e Políticas Internas implantadas para assegurar a qualidade do que entregamos.
 
Nossos analistas realizam suas atividades com independência, comprometidos com a busca por informações idôneas e fidedignas, e cada relatório reflete exclusivamente a opinião pessoal do signatário.
 
O conteúdo produzido pela Inversa não oferece garantia de resultado futuro ou isenção de risco.
 
O material que produzimos é protegido pela Lei de Direitos Autorais para uso exclusivo de seu destinatário. Vedada sua reprodução ou distribuição, no todo ou em parte, sem prévia e expressa autorização da Inversa.
 
Analista de Valores Mobiliários responsável (Resolução CVM n.º 20/2021): Antonyo Giannini, CNPI EM-2476

Conteúdo protegido contra cópia