Gritty Investor #83 - 3 respostas inéditas (em vídeo)

Pedro Cerize Publicado em 04/12/2020
1 min
Na edição de hoje, inédita e em um novo formato, dou minha sugestão para o investidor que pensa em montar uma carteira para o fim do ano e falo sobre oportunidades para 2021.

No vídeo, estou respondendo às seguintes perguntas:

1) Qual a grande oportunidade para o investidor em 2021?
2) Como você sugere que o investidor se posicione agora para atravessar o fim de ano, até o início de 2021?
3) O que as pessoas ainda não estão vendo?

E, resumidamente, na primeira resposta estou dizendo o seguinte: Não sei o futuro, embora vocês insistam em achar que eu sei. Mas vejo probabilidades de alguns ativos irem para um lado, ou para outro. E estou vendo que o mercado está precificando uma inflação implícita de 4%. Mas os riscos são de que a inflação será muito muito maior do que isso, o que não vai ser uma boa notícia. E, sabendo que não sei, a melhor forma de se proteger é comprando ativos que vão proteger o dinheiro. 

Na segunda, eu sugiro que o investidor pense que não tem que "construir uma carteira para janeiro". Mas, sim, te m que fazer a coisa certa. E, no fundo, sabe o que é... Parar de tentar mexer com opção, de querer comprar "capital protegido", de confiar em calls de "fique rico já". Escapar de armadilhas já vai fazer você ser um investidor muito melhor.

Em seguida, reforço uma mensagem importante: "as pessoas ainda não perceberam que ter caixa é o maior risco". Você pode transformar seu caixa no ativo que quiser: em ações na bolsa, em boi, em soja, em metros quadrados... Mas não fique desprotegido. 

Para quem ficou até o final, digo minha percepção, hoje, para o investimento em empresas de commodities. 

Um abraço.

A Inversa é uma Casa de Análise regularmente constituída e credenciada perante CVM e APIMEC.

Todos os nossos profissionais cumprem as regras, diretrizes e procedimentos internos estabelecidos pela Comissão de Valores Mobiliários em sua Instrução 598, e pelas Políticas Internas estabelecidas pelos Departamentos Jurídico e de Compliance da Inversa.

A responsabilidade pelas publicações que contenham análises de valores mobiliários é atribuída a Felipe Paletta, profissional certificado e credenciado perante a APIMEC.

Nossas funções são desempenhadas com absoluta independência, não sendo dotadas de quaisquer conflitos de interesse, e sempre comprometidas na busca por informações idôneas e fidedignas visando fomentar o debate e a educação financeira de nossos destinatários.

O conteúdo da Inversa não representa quaisquer ofertas de negociação de valores mobiliários e/ou outros instrumentos financeiros. Os destinatários devem, portanto, desenvolver as suas próprias avaliações.

Todo o material está protegido pela Lei de Direitos Autorais e é de uso exclusivo de seu destinatário, sendo vedada a sua reprodução ou distribuição, seja no todo ou em parte, sem prévia e expressa autorização da Inversa, sob pena de sanções nas esferas cível e criminal.  

Conteúdo protegido contra cópia