Global Investor #08: A formação e o estouro de uma bolha especulativa

Marink Martins Publicado em 09/06/2021
8 min
O especialista em mercados globais da Inversa, Marink Martins, explica como surge e se deteriora uma bolha especulativa. Um assunto bastante interessante e que você deve ficar atento.

Olá, assinantes da Inversa!

Neste momento, uma bolha especulativa se forma em torno da empresa norte-americana de cinemas AMC. Em pouquíssimo tempo, a ação da companhia disparou de US$ 5 para US$ 57.

O que você tem a ver com isso? Talvez muita coisa, mas nem saiba.

Há uma premissa chamada de coesão na base acionária, que nada mais é do que um movimento articulado entre acionistas. Um grupo de corretoras, por exemplo, decide comprar tal papel até que um investidor vende sua posição. E depois outro. Em seguida, outro. E o preço despenca.

Eu mesmo vi isso acontecer com os papéis da Comgás, em 2001, quando um grupo de acionistas turbinou o preço da empresa até que a cotação colapsou com a queda das Torres Gêmeas.

Um assunto bastante interessante e que você deve ficar atento.

Confira!

A Inversa é uma Casa de Análise regulada pela CVM e credenciada pela APIMEC. Produzimos e publicamos conteúdo direcionado à análise de valores mobiliários, finanças e economia.
 
Adotamos regras, diretrizes e procedimentos estabelecidos pela Comissão de Valores Mobiliários em sua Resolução nº 20/2021 e Políticas Internas implantadas para assegurar a qualidade do que entregamos.
 
Nossos analistas realizam suas atividades com independência, comprometidos com a busca por informações idôneas e fidedignas, e cada relatório reflete exclusivamente a opinião pessoal do signatário.
 
O conteúdo produzido pela Inversa não oferece garantia de resultado futuro ou isenção de risco.
 
O material que produzimos é protegido pela Lei de Direitos Autorais para uso exclusivo de seu destinatário. Vedada sua reprodução ou distribuição, no todo ou em parte, sem prévia e expressa autorização da Inversa.
 
Analista de Valores Mobiliários responsável (Resolução CVM n.º 20/2021): Nícolas Merola - CNPI Nº: EM-2240

Conteúdo protegido contra cópia