Como realizar uma operação comprada ou vendida no home broker

Felipe Paletta e Nícolas Merola Publicado em 25/10/2019
6 min
O passo a passo para você conseguir seguir a nossa estratégia e acertar os melhores trades do momento

Caro leitor,

Após ler o conteúdo introdutório da assinatura você pode se perguntar: “Como vou fazer para comprar ou para vender ações?”. Por isso, criei esse guia de operações, para te ensinar a realizar operações compradas e vendidas, conforme vamos instruir aqui na série Top Trades.

Para este guia, utilizarei imagens e exemplos da corretora Clear, que atualmente cobra taxa zero e, para que tenha maior rentabilidade possível nas operações da série, sugiro que opte por uma corretora com essa característica. Outras opções de baixo custo são a Modal, a Mirae e a corretora do Banco Inter, por exemplo.

Minha sugestão é que você não pague taxas (como a corretagem, por exemplo) maiores que 1% do capital investido na operação. Então, se por exemplo, você fizer uma operação com R$ 100,00, suas taxas de transação devem ser menores (ou no máximo próximas) a R$ 1,00.

Atenção: lembre-se de que não sugerimos alocar mais de 5% do seu patrimônio nas ações que iremos sugerir nesta série. Apesar de termos métricas bem sólidas, o investimento em ações oferece riscos, e as operações com esses ativos podem registrar perdas. Mas fique tranquilo, nossa missão é te fazer ganhar!

Operar Comprado

Como nesta série iremos abordar operações no mercado de ações, você utilizará uma ferramenta presente em sua conta (na corretora) chamada Home Broker para realizar as operações.

É importante que saiba que as plataformas de home broker variam de corretora para corretora. Mas não se preocupe, você irá se acostumar com o tempo. Caso tenha dificuldade no uso, sugiro entrar em contato com a corretora ou com o nossa equipe de suporte através de nossos canais de atendimento.

Estou utilizando a corretora Clear como exemplo neste guia. Para acessar esse serviço na Clear, você deve acessar o site www.clear.com.br e abrir a sua conta grátis. Depois que criar a conta, faça login na plataforma da Clear e vá até o menu lateral esquerdo, em sua conta, e em operações, selecione a opção Renda Variável, assim como indicado na imagem abaixo.

Fonte: Clear e Inversa

Após isso, selecione a opção Swing Trade e você será direcionado para a plataforma de negociações. Em um dos quadrados de negociação, você deve preencher o ticker (código em bolsa) da ação que deseja fazer a compra para acessar a cotação atual do ativo. Para realizar a compra do ativo, você utilizará uma ferramenta chamada Boleta, que está no canto inferior direito, conforme indicado em amarelo na imagem abaixo.

Fonte: Clear e Inversa

Com a Boleta aberta, clique na opção de Compra e no quadrado referente a ação que deseja comprar, no meu exemplo a PETR4, e preencha os campos conforme seu interesse.

  • Tipo de Ordem: Essa opção permite que você decida qual tipo de ordem você fará. Para realizar a compra você utilizará, majoritariamente a ordem Limitada. Pode utilizar a opção de ordem Stop para deixar pré-programado o seu limite máximo de perda na operação.

  • Quantidade: Aqui você deve selecionar a quantidade de ações de deseja comprar. Caso deseje comprar em lotes diferentes 100 ações você deve utilizar o mercado fracionário. Para isso digite a letra F no fim do ticker da ação de deseja comprar.

  • Validade: A validade é o tempo pelo qual sua ordem ficará ativa no mercado. Na ordem Stop, por exemplo, o ideal é que você coloque com validade até o envio de nossa próxima publicação, que é a data máxima que irá operar este ativo.

  • Preço Limite: Essa opção irá determinar o preço máximo de sua compra (e mínimo no caso da venda). Caso queira fazer uma compra instantânea (no mesmo momento) deve preencher esse campo com um valor maior que o preço de mercado, mostrado no quadrado do lado esquerdo.

  • Assinatura Eletrônica: É a senha de segurança para operações que cadastrou em sua conta.

Depois de preencher os dados da boleta basta clicar no botão azul  “comprar” no caso de compra, ou no botão vermelho “vender” em caso de venda.

Operar Vendido

Para realizar uma operação vendida, ou seja, fazer a venda de uma ação que você ainda não possui, você deve, primeiro, realizar o aluguel de ações.

O aluguel de ações nada mais é que um empréstimo das ações de outra pessoa que disponibilizam essas ações para serem alugadas. Em troca, você deve pagar uma taxa pelo tempo que tiver com as ações desta pessoa alugada.

Para realizar esse aluguel, você deve entrar em contato com sua corretora para entender qual é o procedimento adotado por ela. Em algumas corretoras você consegue fazer isso direto pelo Home Broker e, em outras, apenas por telefone.

Atenção: o empréstimo de ações para operar vendido varia conforme as corretoras, mas não se preocupe, pois, ao entrar em contato com a corretora que você escolheu, eles vão explicar o processo de forma simples, rápida e descomplicada.

Existem dois tipos de aluguel de ações, o reversível ao doador e o reversível ao tomador. Caso seja questionado, durante o processo de aluguel, das ações deve sempre optar pela opção reversível ao tomador.

Ao selecionar esta opção, fica a seu critério quando devolver as ações. Então, se contratar o aluguel por um prazo maior do que pretende manter as ações você pode, a qualquer momento, devolvê-las e pagar uma taxa proporcional ao tempo de uso.

Depois de alugar as ações, você terá na sua conta as ações da empresa que alugou. Agora você deve vende-las.

Para isso, acesse seu Home Broker e faça uma operação comum de venda, assim como a compra, porém selecionando a opção venda no início do preenchimento da Boleta.

Depois de vender, você terá um saldo em dinheiro na sua conta referente a venda das ações. Porém, minha sugestão é que não faça nada com esse dinheiro. Ele será a sua garantia operacional.

Pense que, no fim de sua operação, você terá que recomprar as ações que vendeu para, então, devolvê-las ao dono, de quem você alugou. E caso recompre essas ações por um preço mais baixo que as vendeu, embolsará a diferença dos preços (lucro).

Tentei escrever este guia da maneira mais simples possível, para fazer você, investidor, capaz de operar nossa estratégia rapidamente.

Espero que este guia lhe seja útil, e caso tenha alguma dúvida, escreva para a gente em toptrades@inversa.com.br.

Não se esqueça que para obter informações mais detalhadas sobre o processo de aluguel de ações, você deve entrar em contato direto com a corretora que você escolheu, e que o processo descrito nesse guia é baseado na plataforma da Clear.

Um abraço,

Felipe Paletta.

Contribuiu para este guia: Nicolas Merola. 

A Inversa é uma Casa de Análise regularmente constituída e credenciada perante CVM e APIMEC.

Todos os nossos profissionais cumprem as regras, diretrizes e procedimentos internos estabelecidos pela Comissão de Valores Mobiliários em sua Instrução 598, e pelas Políticas Internas estabelecidas pelos Departamentos Jurídico e de Compliance da Inversa.

A responsabilidade pelas publicações que contenham análises de valores mobiliários é atribuída a Felipe Paletta, profissional certificado e credenciado perante a APIMEC.

Nossas funções são desempenhadas com absoluta independência, não sendo dotadas de quaisquer conflitos de interesse, e sempre comprometidas na busca por informações idôneas e fidedignas visando fomentar o debate e a educação financeira de nossos destinatários.

O conteúdo da Inversa não representa quaisquer ofertas de negociação de valores mobiliários e/ou outros instrumentos financeiros. Os destinatários devem, portanto, desenvolver as suas próprias avaliações.

Todo o material está protegido pela Lei de Direitos Autorais e é de uso exclusivo de seu destinatário, sendo vedada a sua reprodução ou distribuição, seja no todo ou em parte, sem prévia e expressa autorização da Inversa, sob pena de sanções nas esferas cível e criminal.  

Conteúdo protegido contra cópia