O Futuro da Renda Fixa: Como Lucrar com Tesouro e Fundos DI

Aprenda, na prática, como investir em títulos do Tesouro Selic ou em Fundos DI.

Olá, investidor(a),

Se você chegou até aqui, é porque quer aprender, na prática, como realizar o investimento em títulos do Tesouro Selic ou em Fundos DI.

Bom, agora que você já entendeu a diferença entre cada um e já sabe qual é a melhor opção para o seu perfil (se não sabe, sugiro que leia este conteúdo em que explico tudo, neste guia eu vou direto ao que interessa: como investir em cada um deles?

 

Tesouro Selic

Começando pelo mais simples de todos, você pode investir em um títulos do Tesouro Direto, neste caso, o Tesouro Selic, direto do site de sua Corretora ou Banco de Investimentos  (se você ainda não sabe em qual corretora abrir conta, nós temos um guia completo em que citamos várias disponíveis no mercado e os benefícios em relaçao às taxas e produtos disponíveis, veja aqui).

Para exemplificar e ilustrar melhor, vou usar aqui o site da Corretora RICO nas demonstrações abaixo. Mas não deve ser muito diferente das demais opções.

 

PASSO NÚMERO 1: ACESSE A SUA CONTA DA CORRETORA OU BANCO.

Fonte: Corretora RICO.

Ao acessar o site do seu banco ou corretora você encontrará uma página dedicada aos títulos do tesouro direto, que são distribuidos por essas plataformas e ficam custodiados na B3, a Bolsa de Valores do Brasil.

Clique nessa página, que sinalizei na imagem acima, para ver os títulos disponíveis para compra.

 

PASSO NÚMERO 2: PROCURE PELO TÍTULO TESOURO SELIC E CLIQUE NO CARRINHO DE COMPRA OU NA OPÇÃO “COMPRAR”.

Fonte: Corretora RICO.

Note que aparecerão diversas opções de títulos de emissão do governo federal para você investir. No entanto, como a ideia aqui é investir em um título sem risco algum de resgate antes de seu vencimento, procure pelo título Tesouro Selic e clique na opção de comprar para ir para a página de confirmação do investimento.

Apenas para reforçar, a data que você encontra em frente ao titulo é a data de vencimento. No caso do exemplo acima, 2025 (a data completa você pode ver na coluna “Vencimento”).

Importante ressaltar que o mercado fica aberto para investimentos e resgates somente em dias úteis (solicitações no final de semana serão processadas no dia útil seguinte), das 9:30 às 18h. Solicitações após esse horário serão processadas no dia útil seguinte.

 

PASSO NÚMERO 3: PREENCHA O VALOR A INVESTIR (OU A QUANTIDADE, EM UNIDADE DO VALOR UNITÁRIO DO TÍTULO), PREENCHA SUA ASSINATURA ELETRÔNICA E CONFIRME A COMPRA.

Fonte: Corretora RICO.

A assinatura você provavelmente recebeu por e-mail ao abrir sua conta.

Por fim, verifique se o seu saldo disponível é superior ao valor mínimo para investir naquele título, selecione o valor a investir e confirme a compra com a sua senha eletrônica.

Feito isso, não se preocupe, o seu saldo investido nesse título aparecerá em sua conta à partir das 18h do dia útil seguinte à data do investimento (se feito após às 18h ou em finais de semana, em dois dias úteis), ok?

 

E na hora do resgate?

Bom, a lógica é exatamente a mesma. A diferença é que no passo 2 você selecionaria a opção de vender o título que aparecerá na lista dos seus investimentos. Basta indicar o valor ou a quantidade a resgatar, confirmar com sua senha eletrônica e esperar até às 13h do dia útil seguinte à solicitação (se feito após às 18h ou em finais de semana, em dois dias úteis) para ter o valor em sua conta do Banco ou Corretora!

Vamos agora aos Fundos DI:

 

Fundos DI

Você vai ver que investir em um Fundo DI, ou qualquer outro fundo, é tão simples quanto investir em títulos do Tesouro Direto.

Para exemplificar, vou usar o aplicativo do BTG PACTUAL DIGITAL como exemplo.

 

PASSO NÚMERO 1: ACESSE A SUA CONTA DA CORRETORA OU BANCO.

Fonte: BTG Pactual Digital.

Ao acessar o aplicativo, você encontrará na barra inferior a opção INVESTIMENTOS.

Clique nesse campo para encontrar as opções de investimento disponíveis.

 

PASSO NÚMERO 2: PROCURE PELA OPÇÃO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO.

Fonte: BTG Pactual Digital.

Veja que até a opção de Tesouro Direto irá aparecer. Nesse caso, selecione fundos de investimento para conseguir procurar um dos fundos selecionados por mim e minha equipe na série Fundos Expert!

 

PASSO NÚMERO 3: PESQUISE PELO NOME O FUNDO QUE PRETENDE INVESTIR.

 

Fonte: BTG Pactual Digital.

Na barra superior, digite o nome do fundos DI que deseja investir (sugiro alguns na Fundos Expert) e clique no botão de mais (+) do fundo escolhido para abrir a opção de investir.

 

PASSO NÚMERO 4: CLIQUE EM APLICAR PARA IR PARA A PÁGINA DE CONFIRMAÇÃO E DEFINIÇÃO DE VALORES.

Fonte: BTG Pactual Digital.

 

PASSO NÚMERO 5: DIGITE O VALOR A APLICAR E A DATA DA APLICAÇÃO.

Fonte: BTG Pactual Digital.

Note que nas características do fundo já lhe é informado o prazo para que aquele investimento ser liquidado e cotizado, isto é, até que apareça como investido em sua conta ou até que o saldo do resgate fique disponível.

No exemplo acima, D+0. Ou seja, a operação deve ser concluída no mesmo dia (com exceção de feriados ou finais de semana).

Preenchidos os dados você consegue ter acesso ao termo de adesão do fundo, com todas as informações legais e disposições dos riscos envolvidos nesse investimento (e deixo aqui uma dica: é muito importante ler tais informações).

 

PASSO NÚMERO 6: ACEITE O TERMO DE ADESÃO PARA CONFIRMAR O INVESTIMENTO.

Fonte: BTG Pactual Digital.

 

PASSO NÚMERO 7: VERIFIQUE SE TODAS AS INFORMAÇÕES ESTÃO CORRETAS E CONFIRME O INVESTIMENTO.

Fonte: BTG Pactual Digital.

 

Essa é a última etapa. Confirmado o investimento com sua senha eletrônica, o saldo investido no fundo aparecerá em sua conta após a líquidação e cotização do fundo, que citei no passo 5.

 

E na hora do resgate?

Bom, assim como no tesouro direto, a lógica é exatamente a mesma.

A diferença é que logo ao entrar no aplicativo e consultar os seus investimentos, você terá acesso aos fundos investidos e conseguirá clicar na opção de resgate. Nessa etapa, basta preencher o saldo a resgatar (importante consultar se o fundo a investir possui um saldo mínimo a permanecer no fundo) e confirmar com sua senha eletrônica.

Muito simples, não?

Bom, por hoje é só, espero que com esse conteúdo você consiga colocar em prática minhas sugestões e comece a investir de forma mais rentável e sofisticada!

 

FAÇA O DOWNLOAD DO SEU GUIA AQUI

Um abraço,

Felipe Paletta, CNPI

A Inversa é uma Casa de Análise regularmente constituída e credenciada perante CVM e APIMEC.

Todos os nossos profissionais cumprem as regras, diretrizes e procedimentos internos estabelecidos pela Comissão de Valores Mobiliários em sua Instrução 598, e pelas Políticas Internas estabelecidas pelos Departamentos Jurídico e de Compliance da Inversa.

A responsabilidade pelas publicações que contenham análises de valores mobiliários é atribuída a Felipe Paletta, profissional certificado e credenciado perante a APIMEC.

Nossas funções são desempenhadas com absoluta independência, não sendo dotadas de quaisquer conflitos de interesse, e sempre comprometidas na busca por informações idôneas e fidedignas visando fomentar o debate e a educação financeira de nossos destinatários.

O conteúdo da Inversa não representa quaisquer ofertas de negociação de valores mobiliários e/ou outros instrumentos financeiros. Os destinatários devem, portanto, desenvolver as suas próprias avaliações.

Todo o material está protegido pela Lei de Direitos Autorais e é de uso exclusivo de seu destinatário, sendo vedada a sua reprodução ou distribuição, seja no todo ou em parte, sem prévia e expressa autorização da Inversa, sob pena de sanções nas esferas cível e criminal.  

Conteúdo protegido contra cópia