Financial Journey #16 - Seis ensinamentos para a nova realidade

Vou apresentar a força do pensamento positivo e como ela vai mudar você e seus investimentos

Conteúdo também disponível em vídeo e áudio. Clique abaixo para acessar a plataforma:

Youtube Spotify Apple Google Deezer

Nota do editor: Dara Chapman apresentará para você práticas poderosas que podem mudar sua forma de pensar e, por consequência, melhorar seus investimentos e seu planejamento financeiro.

Bom dia!

Tudo bem com você? Hoje gostaria de saber especificamente: como você está lidando com a quarentena?

Quando digo lidando, me refiro ao seu lado emocional. Tem pessoas que não ficam bem em casa, que ficam tristes, pensando em todos os planos que vieram por água abaixo.
Indivíduos que se sentem só e entram em depressão. 

Olhá só: depressão é uma coisa muito séria. Em graus mais profundos, a depressão nos leva a um estado de desespero, de autodesvalorização e angústia

Nós passamos a não enxergar perspectiva para um futuro próspero, ficamos sem ânimo para o dia de hoje. 

No entanto, é justamente no dia de hoje que nós construímos nosso futuro. 

Eu já passei por momentos desses em minha vida. Sei na pele o que é se sentir incapaz ou se sentir sozinha.

Passei mais da metade de toda minha vida fora do meu país de origem ou longe da minha família, sempre me adaptando a uma outra cultura.

Você acha que eu não me senti sozinha? Morei 6 anos em Paris, uma das cidades mais belas do mundo, mas com uma população um pouco fria e fechada. 

Falando em frio, você já passou um inverno em um país frio, com temperatura de seis graus negativos? Sem sol, sem céu azul? Vou te contar: não foi fácil não. 

Aqui no Brasil, país de muito sol e com seres humanos calorosos, também tive algumas surpresas não tão boas e desafios para me adaptar ao jeito brasileiro.

Por exemplo, quando você marca algo com um americano, o compromisso já é certo, está mais do que confirmado. Você agenda dias ou semanas antes.

Aqui no Brasil, aprendi que se marcar com antecedência, durante a semana, para sexta-feira, pode ser que não aconteça.

Está marcado, mas não está 100% certo. É melhor sempre confirmar na sexta mesmo. 

O próprio médico te liga um dia antes para confirmar uma consulta já previamente marcada. 

Percebi que as pessoas agendam, mas sem marcar. Aquela frase "a gente se vê por aí": não diz nem sim, nem não. Esse "por aí" fica no ar.  

Os americanos são muito rígidos com horários e compromissos. 

Outro exemplo: você já parou para pensar por que o jornal das 8 não começa exatamente às 20h00? 

Nos Estados Unidos, o programa jornalístico tem horário marcado e ponto final. Aqui, às vezes o jornal começa às 8h45, outros dias às 8h20, mas nunca às 8h00!

Demorei muito tempo para entender como isso funciona no Brasil.

E, além disso, entender que não era algo só comigo, mas sim uma forma de lidar com uma vida volátil ou uma vida cheia de mudanças.
 

Novas realidades

O brasileiro de uma certa idade sabe do que estou falando: passou a vida inteira se adaptando a constantes "novas realidades".

Por sua vez, o jovem brasileiro não precisou ter tamanha capacidade de adaptação, pois o país tem tido, em sua historia mais recente, estabilidade macroeconômica.

De fato, a vida é cheia de momentos, e em alguma fase da sua existência você invariavelmente terá uma decepção, ou enfrentará algo desagradável, que não estava nos seus planos. 

A maneira através da qual você lida com isso definirá seu sucesso (ou seu fracasso). 

A sua resiliência, essa resistência brasileira, é muito forte. É uma virtude que não notei tanto nos outros três países que já morei.

Agora: não confunda resiliência com esperança. Resiliência é a capacidade do indivíduo de lidar com situações adversas, superar obstáculos, enfrentar derrotas e reagir positivamente a elas. E conseguir fazer tudo isso porque a mente já está preparada para isso.

Agora, se você está questionando como uma pessoa faz isso, ou dizendo “eu não sou assim”, vou passar algumas dicas para te ajudar a combater aquela sensação de desespero.

Preciso antes de tudo alertar: depressão em casos severos requere ajuda médica e, às vezes, intervenção médica.

Não sou médica, porém já passei por depressão e eu tenho meu kit, minha metodologia para me fortalecer e que me previne de entrar em estado de desespero.

E sabe como você pode fazer isso? Aqui vão as minhas dicas:

1) Pratique uma atividade física regularmente: não precisa ser algo forçado, mas um esporte que faça parte de sua rotina e que te dê prazer.

Uma caminhada no parque ou na esteira. Uma aula de yoga talvez. Exercícios fazem bem tanto para o corpo quanto para a mente.

Servem como antidepressivo e reduzem a sua ansiedade, ajudando você a ter pensamentos positivos. 

2) Procure ter uma alimentação equilibrada: uma dieta rica em vitaminas, fibras e proteínas.

As comidas consideradas potencialiadoras de bem-estar são: iogurtes, salmão, quinoa, frutas e legumes ricos em antioxidantes.

Não estou falando em uma dieta muito rígida: isso não funciona e não é sustentável no longo prazo.

Estou falando em você ter cuidado com sua alimentação para ter mais energia e uma mente positiva.

Com um pensamento progressista, você vai ter mais produtividade em seu dia e as coisas vão acontecer naturalmente a seu favor.

3) Faça meditação: a minha prática favorita é da Louise Hay, chamada "Aprendendo a gostar de si mesmo".

A meditação guiada resulta no relaxamento profundo do corpo e da alma, e ajuda a aumentar sua autoestima e sua autoconfiança.

4) Faça afirmações positivas diárias em relação a sua vida: foque em tudo que é positivo na sua vida neste dia de hoje.

Não precisa ser coisas grandiosas, mas anote pelo menos cinco.

Por exemplo, sou grata por ter minha saúde em dia, grata por ter tido uma filha que nasceu com saúde (não sei se você sabe, mas fui mãe pela primeira vez aos 45 anos). 

Realize este exercício de gratidão diariamente. 

5) Lembre que temos dentro de nós o poder de superar qualquer dificuldade: desde o nosso nascimento somos lutadores.

Quando bebês, aprendemos a sentar, a andar, a falar. Somos desde pequenos vencedores. De qualquer maneira, você não pode tirar este mantra da sua cabeça. 

Agora, como adultos, continuamos vencedores. E vencedores não desistem. Tanto a bagagem quanto a experiência nos ajudarão a vencer.

6) Revise seus projetos: tem algum projeto que ficou para trás? Este projeto representa algo importante para você em sua vida?

Se sim, então ataque de novo este projeto, mas desta vez coloque uma meta e um prazo.  Como você vai medir o sucesso de sua meta?

Repita em voz alta: "sou vencedor(a), eu termino tudo que eu começo, eu tenho compromisso comigo e com minha vida."

Você entende como a forma que você pensa a seu respeito pode modificar sua energia?

Pensamentos positivos são transformadores naturais e trazem de imediato energia positiva ao seu redor. 

Em suma: lute por pensamentos positivos, tenha um alimentação equilibrada, faça exercícios físicos regularmente e pratique meditação.

Tudo isso vai ajudar você a enxergar sua vida de forma positiva e servirá como uma barreira de proteção aos pensamentos negativos.

Acredite em mim: o Covid-19 em algum momento vai passar e nós teremos a nossa liberdade de passear na rua como antes.

Mas, por enquanto, vamos aproveitar essa nova realidade e criar novas experiências.

Toda a nossa conversa de hoje é para lhe dizer que, se a sua mente não estiver equilibrada, as suas tentativas de planejamento financeiro e de fazer investimentos provavelmente não terão o sucesso desejado.

Siga as minhas dicas acima e depois me conte os resultados. 

Beijos e boa semana!

Dara Chapman

Lucros, consistência e tranquilidade na Bolsa. Palestra na UNICAMP Exclusiva (Veja agora!)

A Inversa é uma Casa de Análise regularmente constituída e credenciada perante CVM e APIMEC. Todos os nossos profissionais cumprem as regras, diretrizes e procedimentos internos estabelecidos pela Comissão de Valores Mobiliários em sua Instrução 598, e pelas Políticas Internas estabelecidas pelos Departamentos Jurídico e de Compliance da Inversa. A responsabilidade pelas publicações que contenham análises de valores mobiliários é atribuída a Felipe Paletta, profissional certificado e credenciado perante a APIMEC. Nossas funções são desempenhadas com absoluta independência, não sendo dotadas de quaisquer conflitos de interesse, e sempre comprometidas na busca por informações idôneas e fidedignas visando fomentar o debate e a educação financeira de nossos destinatários. O conteúdo da Inversa não representa quaisquer ofertas de negociação de valores mobiliários e/ou outros instrumentos financeiros. Os destinatários devem, portanto, desenvolver as suas próprias avaliações. Todo o material está protegido pela Lei de Direitos Autorais e é de uso exclusivo de seu destinatário, sendo vedada a sua reprodução ou distribuição, seja no todo ou em parte, sem prévia e expressa autorização da Inversa, sob pena de sanções nas esferas cível e criminal.

Conteúdo protegido contra cópia